Energia Solar Fotovoltaica

Agora vamos descobrir o que é energia solar fotovoltaica?

Conhecendo mais sobre o assunto

O sol é a fonte de energia solar fotovoltaica capaz de gerar eletricidade preservando o meio ambiente alem de gerar economia para os consumidores.
Energia solar fotovoltaica

A principio existem dois tipos principais de tecnologia de energia solar: fotovoltaica (PV) e solar térmica.

Dessa forma, o painel solar é o que você vê instalado em residências e empresa, dessa forma produz eletricidade diretamente da energia solar.

As tecnologias solares térmicas usam a energia do sol para gerar calor, dessa forma, a eletricidade é gerada a partir disso.

Curiosidade

Você sabia que a Austrália recebe milhares de vezes mais energia solar do sol a cada ano do que todo o uso de combustível fóssil combinado.

Logo, nós usamos diretamente apenas um milionésimo disso no momento como energia comercial.

Como funciona

Sob o mesmo ponto de visa, energia solar fotovoltaica é uma tecnologia elegante que produz eletricidade a partir da luz solar sem partes móveis.

Logo, em uma célula fotovoltaica, a luz solar separa os elétrons de seus átomos de silício hospedeiros.

Assim, pequenos pacotes de energia luminosa, chamados de fótons, são capturados por elétrons.

Dessa forma, transmitem energia suficiente para liberar o elétron de seu átomo-hospedeiro.

Ao mesmo tempo, perto da superfície superior da célula existe uma “membrana unidirecional” chamada junção pn.

 Assim, a junção pn é formada pela difusão de pequenas quantidades de fósforo a uma profundidade de cerca de um micrômetro em uma fina bolacha de silício.

Então, quando um elétron livre cruza a junção pn, ele não pode retornar facilmente.

Dessa forma, faz com que uma tensão negativa apareça na superfície voltada para o sol (e uma voltagem positiva na superfície traseira).

Contudo as superfícies dianteira e traseira podem ser conectadas juntas através de um circuito externo.

Esse circuito, extrai corrente, tensão e energia da célula solar.

Mais detalhes

 Surpreendentemente as células solares são embaladas atrás do vidro para formar módulos fotovoltaicos.

Vale destacar que têm vida útil típica de 20 a 40 anos.

Energia solar fotovoltaica é gerada através do sol com a utilização de painel solar fotovoltaico
painel solar fotovoltaico

Além disso, em muitas circunstâncias, módulos fotovoltaicos montados em telhados de edifícios podem produzir tanta eletricidade quanto o prédio consome.

A saber, um módulo típico gerará cerca de 200 quilowatts-hora (CA) por metro quadrado por ano.

Portanto, é necessária uma área coletora de 25 a 50 m² para alimentar uma casa de forma razoavelmente eficiente em termos energéticos.

No entanto, essa casa exporta mais eletricidade para a rede durante o dia do que importa à noite.

Ao mesmo tempo, é necessário um adicional de 10 m 2 para compensar as emissões anuais de gases com efeito de estufa.

Um automóvel eficiente em termos de combustível, emitindo 0,2 kg de dióxido de carbono por km e percorrendo 10 000 km por ano.

Um mercado em mudança

 O mercado mundial de energia solar é dominado por energia solar fotovoltaica.

Dessa forma, a maior parte do mercado fotovoltaico mundial é abastecida por células solares de silício cristalino.

Embora o PV tem encontrado amplo uso em nichos de mercado, sobretudo como eletrônicos de consumo, fontes de alimentação de áreas remotas e satélites.

Todavia nos últimos anos houve quedas dramáticas no custo da energia solar fotovoltaica e inegavelmente a indústria se expandiu imensamente.

Sem dúvida, os preços do painel estão muito acessíveis atualmente.

 De fato, a energia solar fotovoltaica é agora menos dispendiosa do que a eletricidade a retalho doméstica e comercial da rede.

Está se aproximando, sem dúvida, de competitividade de custo com eletricidade convencional por atacado em muitos lugares.

Sobretudo, o custo dos sistemas fotovoltaicos pode ser seguramente esperado para continuar a diminuir por décadas.

Contudo, as vendas atuais de módulos fotovoltaicos em todo o mundo são de 30 a 40 gigawatts por ano.

Em 2012, cerca de um gigawatt foi instalado na Austrália.

Aassim, quase um milhão de residências australianas têm sistemas fotovoltaicos em seus telhados.

 Embora a demanda deve diminuir em 2013 após o fim dos subsídios para compra de painéis, posteriormente retomará uma tendência de crescimento de longo prazo a partir de 2014.

Sobretudo, porque o custo da eletricidade solar está bem abaixo da tarifa comercial e doméstica em toda a Austrália.

Problemas no setor

Entretanto nos últimos anos, a capacidade de produção fotovoltaica subiu muito à frente da demanda.

Ao mesmo tempo levou a uma intensa guerra de preços.

Uma onda de falências de empresas fotovoltaicas de alto perfil, incluindo a ex-líder de mercado Suntech.

 Assim, a inovação tecnológica está sendo espremida pela necessidade de as empresas se concentrarem na sobrevivência.

Dessa forma, um profundo abalo e sobretudo a consolidação da indústria está em andamento.

De fato, os vencedores vão emergir em um trilhão de dólares por ano.

Dessa forma, o futuro da indústria fotovoltaica solar é impulsionado pela equação fundamental de que o PV é pouco restrito por considerações ambientais.

Então o suprimento de material, requisitos de terra, considerações de segurança ou qualquer outra coisa que não preço.

Preço é agora é competitivo em toda parte.

 A revolução da energia solar

A paridade de rede para energia solar fotovoltaica a nível retalhista já foi alcançada para a maioria das empresas e população do mundo.

Nas cidades australianas os sistemas solares no telhado geralmente produzem eletricidade.

O custo de meio a dois terços do que a eletricidade comercial doméstica e comercial geralmente vende.

 Dessa forma, está levando a um rápido crescimento nas vendas nos setores residencial e comercial, principalmente sem a necessidade de subsídios.

Fonte limpa e renovavel, energia solar fotovoltaica ganha força na geração de energia elétrica
Energia solar fotovoltaica

Todavia, algumas pessoas estão preocupadas com o fato de que o uso de energias renováveis ​​mais variáveis, como a energia solar e eólica, dificultará o funcionamento da rede.

Elas fornecem energia intermitentemente, mas nossa demanda é mais constante.

No entanto, essa preocupação é equivocada.

Por exemplo, a Austrália do Sul agora adquire quase 30% de sua eletricidade a partir da energia eólica e da cobertura solar e evitou grandes problemas.

Isso ocorre principalmente, porque muitas opções estão disponíveis para gerenciar flutuações na quantidade de energia fornecida pela energia eólica e fotovoltaica.

Assim, inclui-se também a mudança da demanda da noite para o dia (o oposto do que é feito atualmente).

Portanto, usando uma variedade de tecnologias de energia renovável e armazenamento em massa.

Além disso, inclui bombeamento de armazenamento hidrelétrico (de longe a principal tecnologia de armazenamento de energia em todo o mundo).

Deixe uma resposta