Transporte internacional: um guia sobre o transporte dos EUA para o Brasil

Os Estados Unidos são sem dúvida um dos principais focos da população brasileira quando se trata de importações. Atraídos pelas grandes economias que as compras internacionais podem oferecer – mesmo quando a taxa de câmbio está mais alta e a incidência do imposto alfandegário é uma possibilidade -, eles continuam comprando cada vez mais nos sites dos EUA.

Para quem mora nos Estados Unidos e pensa em vender e embarcar para o Brasil dos EUA, a oportunidade de vender além-fronteiras é realmente vantajosa, mas exige uma estratégia atenta para gerar boas vendas. Conhecer profundamente quais são os métodos de envio de pacotes para o Brasil e quais os que melhor se adequam ao seu tipo de produto, por exemplo, é um fator decisivo para o sucesso e rentabilidade deste tipo de negócio.
Ok, agora vamos direto ao ponto.

Pré-Envio

Antes de qualquer coisa, é importante envolver seu pacote da maneira mais segura possível, usando materiais que possam oferecer resistência à umidade e possíveis impactos. Viagens de longa distância podem causar danos ocasionais, por isso é melhor ter cuidado.

Transporte internacional: um guia sobre entrega dos EUA para o Brasil

Descubra como Ganhar Dinheiro Como Importador Profissional

Ao abordar o pacote, use etiquetas impressas e não se esqueça de que nos EUA, os dois endereços devem ser escritos no mesmo lado da caixa: remetente no lado superior esquerdo e receptor no centro.

Após o fechamento do pacote, pese-o antes de levá-lo ao cartório e leve em consideração a conversão de libras em quilos: assim você pode calcular o frete para o Brasil e escolher o melhor serviço adequado, considerando o que está sendo enviado. (1 kg = 2,204 libras).
Escolhendo um serviço de correspondência

Existem muitas opções disponíveis, com vantagens e desvantagens que variam em cada situação. A escolha da melhor opção dependerá de alguns itens específicos que devem ser considerados, como:

1. Peso e valor do pacote
Os serviços variam seus custos de envio e possibilidades de acordo com o ticket do pacote. Ao mesmo tempo, o valor do objeto pode determinar o tipo de remessa, por meio de um serviço mais caro ou mais barato, por exemplo.

2. Urgência em receber
Existem diferentes opções de prazos nos serviços de frete disponíveis. Em geral, quanto mais urgente for a entrega, mais cara será.

Aperte na Imagem para saber Como!

3. Características estritas ou especiais
Produtos muito frágeis ou grandes, por exemplo, precisarão de um serviço específico. Além disso, os regulamentos para o transporte dos EUA para o Brasil devem ser bem compreendidos, uma vez que algumas importações são proibidas no segundo.
Correios (Correios Brasileiros)

O transporte utilizado para enviar dos EUA para o Brasil é operado pelo USPS (Serviço Postal dos Estados Unidos) juntamente com o Serviço Postal Brasileiro. Os pacotes lançados nos EUA são transportados por via aérea e, quando chegam ao Brasil, são redirecionados pelo Serviço Postal Brasileiro para seus destinos finais.

Nota sobre o envio utilizando os Correios: como em qualquer outro serviço de correspondência, os produtos podem ser tributados ao chegar ao Brasil. Quando se trata de Correios, esses impostos são pagos pelo cliente ao receber o produto.

Existem modalidades distintas quando se trata de enviar para o Brasil dos EUA usando os Correios, com custos e especificações que se adaptam às diferentes necessidades:

USPS Priority Mail: O mais comumente usado, principalmente por ser mais seguro e pontual a um preço razoável. Ideal para pacotes de alto preço, esta opção oferece seguro e código de rastreamento e também pode ser usada para pacotes mais pesados ​​e maiores (até 31.751 kg ou 70 libras). Ele tem uma taxa de imposto sensata e o prazo de entrega varia de 20 a 60 dias. Quando chega ao Brasil, o pacote se torna “PAC” (serviço padrão nos “Correios”)

USPS Express Mail / EMS: Apesar de oferecer um atendimento mais rápido, sua velocidade pode diminuir consideravelmente após o produto chegar ao Brasil, muitas vezes por causa da burocracia aduaneira. Assim como o Priority Mail, esse serviço também oferece rastreamento. Sua principal desvantagem é o preço, que é realmente maior, especialmente se considerarmos seu alto risco de tributação. A restrição de peso para este serviço é de 31.751 kg ou 70 libras. Quando chega ao Brasil, torna-se SEDEX.


USPS First Class International: É um serviço mais econômico e, por isso, também é muito usado. No entanto, está disponível apenas para pequenas embalagens, pesando no total de 1,8 kg ou que custam até 400 dólares. Sua desvantagem é o fato de que ele não oferece seguro e o rastreamento é apenas parcial, por isso é recomendado para produtos de baixo preço. Por outro lado, há a vantagem de ser um dos serviços menos tributados. Seu prazo de entrega varia de 30 a 60 dias.

DHL Global Mail: concorrente da USPS, este serviço oferece transporte dos EUA para o Brasil através da Courier DHL e, posteriormente, através dos Correios. A diferença aqui está no limite de peso. Um limite melhor do que o oferecido pela primeira classe do USPS, sem mencionar o preço competitivo – fatores que o tornam um favorito para empresas de suplementos usá-lo para exportar para o Brasil. A empresa oferece apenas rastreamento para pacotes com mais de 2kg.
Empresas de navegação – Courier

Neste serviço em particular, os pacotes são transportados por empresas de entregas privadas que trabalham com empresas internacionais porta-a-porta. O Serviço Postal Brasileiro (Correios) não participa do processo.

Sua primeira e principal vantagem é a velocidade. Com um tempo de entrega que varia de 7 a 10 dias, o Courier Transport é altamente recomendado para produtos e / ou documentos de caráter urgente. Essa velocidade, no entanto, tem um preço. Além do frete, que é caro, os pacotes serão sempre tributados pela alfândega, independentemente do valor (exceto para mercadorias gratuitas, como livros e revistas).

Na maioria dos casos, há uma taxa de imposto de 60% e, em alguns estados, uma taxa extra de 18% sobre o ICMS (imposto brasileiro sobre a circulação de mercadorias) que pode ser cobrado no envio ou recebimento do pacote.

Fedex: entrega o pacote em menos de 7 dias na casa do comprador. No entanto, para tornar o processo mais rápido, todos os bens são tributados assim que são recebidos. O serviço em si envolve altos custos e taxas. A empresa oferece segurança e um acompanhamento muito eficiente do pacote.

Você também pode gostar deste artigo: FEDEX ou UPS – o que é melhor para o seu negócio?

DHL Express: Diferente do serviço Global Mail fornecido pela mesma empresa, o Modo Expresso é totalmente executado através de correio e chega ao Brasil em uma semana. Assim como na Fedex, a carga tributária é feita no recebimento e acontece em 100% dos casos.

Comments

Deixe uma resposta